5 perguntas sobre o relacionamento entre os trigêmeos

Ter três pessoinhas iguais (e da mesma idade) na nossa casa é uma situação muito especial. Mas ainda mais especial é poder conviver e observar a construção de caráter de cada um deles. Apesar de serem muito parecidos fisicamente, os trigêmeos Marcelo, Murilo e Matheus têm personalidades muito diferentes. E isso faz com que a gente aprenda a cada dia como lidar com eles. Neste post, juntei 5 das perguntas que mais nos fazem sobre a convivência entre os meninos. Veja abaixo as perguntas sobre o relacionamento entre os trigêmeos!

1) Eles são amigos, unidos? Eu tenho convicção de que eles dependem um do outro emocionalmente. Enquanto eu penso que, para Mônica, as pessoas mais importantes do mundo são o papai e a mamãe, para os meninos eu penso que não seja assim. Para eles, o pai e a mãe são muito importantes, mas as pessoas mais importantes das vidas deles são seus dois irmãos. Por exemplo, tenho certeza que Marcelo sobreviveria sem mim, mas nunca sem seus irmãos gêmeos Murilo e Matheus. Acho que ele passaria uma semana de férias longe dos pais, mas não conseguiria ficar longe dos irmãos. E isso também serve para Murilo e Matheus.

2) Eles brigam muito entre eles? O Murilo tem um vício de roubar os brinquedos dos outros dois. Quando eles estão brincando, o Marcelo geralmente leva as coisas mais na brincadeira e, quando os irmãos pedem para ele emprestar seus brinquedos, ele geralmente empresta sem ressentimentos. Há pouco tempo eu expliquei para eles que eles estavam juntos na minha barriga. Eu tentei filmar, mas queria a atenção total deles e desisti. Mostrei uma foto minha grávida da Mônica em um porta-retrato e disse que ela estava sozinha na minha barriga. Depois, mostrei a foto do imenso barrigão de quando eles estavam juntos no meu ventre. Expliquei que, diferente de outras crianças, eles dividiram a barriga da mamãe ao mesmo tempo e que eles eram muito amigos lá dentro. Disse que eu sentia eles se mexerem e que eles viviam abraçadinhos lá dentro. Escutaram com muita atenção e, sempre que brigam, eu digo que eles não podem brigar porque desde que estavam na minha barriga eles eram amigos.

3) Os gêmeos idênticos (Matheus e Murilo) são mais próximos do que o Marcelo com eles? Às vezes me perguntam se Matheus e Murilo são mais próximos (mais unidos), já que eles são gêmeos idênticos e o Marcelo é o gêmeo fraterno. Mas eu diria que não. Acho que o Murilo e o Marcelo têm a personalidade mais semelhante, embora Murilo seja muito mais simpático com as pessoas ao conhecê-las. Marcelo é sempre muito grosseiro quando encontra alguém pela primeira vez. Não dá a menor confiança. Afasta a pessoa e xinga. Já tentei conversar com ele sobre isso, mas não obtive sucesso na melhoria do comportamento. É algo para se trabalhar.

Saiba mais abaixo sobre os tipos de gêmeos que existem: por que Marcelo é diferente?Tipos de gêmeos e trigêmeos: trigêmeos plurivitelinos

Mas os dois são muito parecidos nas coisas que gostam e no jeito de brincar. Adoram um quebra-cabeças, por exemplo. São também mais distraídos. Para ter a atenção deles eu preciso chamá-los diversas vezes. O Matheus já é mais comunicativo. Ele está mais próximo aos colegas na escola e sempre presta atenção ao que estamos conversando. Com frequência ele vem conversar com a gente sobre alguma coisa que escutou a gente falar. O Matheus gosta muito de brincar de bonequinhos e inventar histórias, por isso ele também brinca melhor com a Mônica.

perguntas sobre o relacionamento entre os trigêmeos

4) Tem algum que é mais brincalhão, outro que é mais mal-humorado? Já contei uma vez que o Marcelo é mais independente, que Murilo é mais brincalhão e que Matheus é mais dengoso. Mas nunca gostei muito de incentivar estereótipos. Têm dias que Matheus fica tão brincalhão e maluquinho que faz todo mundo rir. Têm dias que Marcelo está tão dengoso quanto poderia estar e que Murilo está tão sério e mal humorado que nem quer falar com a gente. Mas cada um é um e nenhum filho é igual.

5) Dentre os três, existe algum que lidera? Bem, eu diria que o Matheus, por prestar mais atenção às regras e estar mais ligado ao que está acontecendo ao seu redor, acaba liderando o grupo. Ele orienta os outros dois quando estão fazendo algo que a gente diz que não pode, por exemplo. Mas ele é também o que mais chora quando estão brincando juntos. Os manos tiram os brinquedos dele com mais frequência.

perguntas sobre o relacionamento entre os trigêmeos

Murilo, Matheus (líder), Marcelo.

4 comentários

  1. Maria Laura Rozza

    Vc é seu marido são pessoas iluminadas. Deus não daria esse presente sem ter a certeza da capacidade e do imenso amor de vcs!! Se sintam abençoados por isso!! Sou uma admiradora sua, não tenho filhos, e nem sei se pretendo tê-los.. mas a cada post de vcs eu sinto alguma coisinha lá no fundo sobre a possibilidade de ser mãe – mesmo nesse mundo louco – parabéns e continue postando muitas histórias dos trigêmeos e da Mônica!!

    1. Michele Kaiser

      Obrigada por todo esse carinho, querida! Um beijo!

  2. Fabiane

    Gostei muito da sua história, tem me ajudado bastante, descobri no último sábado que estou grávida de trigêmeos, me senti perdida na hora, mas ao ler sua história tô mais calma! Parabéns por sua família, tudo de bom

    1. Michele Kaiser

      Muito obrigada! Boa sorte para você e, se precisar de qualquer coisa, estou aqui. Escreve para contato@ostrigemeosdamichele.com.br

Deixe seu comentário