Quando trocar a cadeirinha pelo assento de elevação?

Aqui em casa nós temos quatro crianças. Por isso, tivemos que adquirir um carro de 7 lugares. Até 1 ano, eles eram transportados no bebê conforto e iam os três no banco traseiro, com o bebê conforto virado de costas. Desde que fizeram seu primeiro aniversário, passaram a usar cadeirinhas. Mas agora chegou a hora de mudar novamente. Quando trocar a cadeirinha pelo assento de elevação?

Nós temos uma SPIN LTZ de 7 lugares. Apesar de nosso carro nos satisfazer em todos os quesitos, tivemos o inconveniente de comprar duas cadeirinhas muito grandes e espaçosas. Na época que foram adquiridas, as duas cadeirinhas atingiam todos os nossos objetivos: eram confortáveis, baratas, altas no assento do carro, cabiam no banco lá do fundão e reclinavam. Achávamos que era a melhor ideia do mundo as cadeiras reclinarem porque, para viajar, as crianças ficavam mais confortáveis. Quem nunca se estressou com a cabeça do filho pendendo de um lado ao outro nas viagens?

No banco atrás do motorista e passageiro, colocamos duas cadeiras simples (das marcas Chicco e Infanti) que usam o própria cinto de segurança do carro. Ali vão Mônica e Matheus. Lá no banco do fundão da SPIN, vão Murilo e Marcelo nas duas cadeiras que me referi acima. São da marca Burigotto (linha Matrix). Excelente cadeirinhas. Mas conforme as crianças foram crescendo, a cadeirinha foi ficando muito grande nos bancos traseiros do nosso carro.

quando trocar a cadeirinha pelo assento de elevação

Cadeirinha ou assento de elevação?

A lei exige que transportemos nossas crianças com segurança. Desde 1º de novembro de 2016, é considerada infração gravíssima não transportar as crianças da maneira adequada. A multa é de R$293,47. Além da retenção do veículo até que a irregularidade seja sanada. É nossa obrigação transportar as crianças em:

  • berço portátil porta-bebê (popularmente chamado bebê-conforto) até 1 ano de idade e de costas;
  • cadeirinha de carro no banco traseiro se tiver de 1 a 4 anos;
  • assento de elevação no banco traseiro se tiver de 4 a 7 anos;
  • apenas o cinto de segurança do veículo, no banco traseiro, se tiver entre 7 e 10 anos.

Saiba o que diz a lei sobre transporte de crianças no carro.

Ao sentar nas cadeirinhas, as crianças ficavam com as perninhas dobradas e precisavam ir para a escola diariamente fazendo “perna de índio”. Os meninos estavam tão apertados no banco que, para colocá-los, nas últimas duas semanas eu estava abrindo o porta-malas e encaixando os pobrezinhos por ali. Isto não é seguro e não aconselho a ninguém.

Eu sempre tinha dúvidas de como proceder porque não temos condições no momento de adquirir um carro maior. Sendo assim, me informei sobre as leis de transporte de crianças no carro e vi que, a partir dos quatro anos, as crianças podem ser transportadas em assento de elevação (também chamado booster). Como os meninos vão fazer 4 anos daqui a cerca de um mês, resolvi comprar dois assentos de elevação e abandonar a cadeirinha reclinável.

Ainda não nos desfizemos destas duas cadeirinhas porque elas são ótimas para viajar. Mas para o dia a dia a gente colocou a Mônica e o Matheus nos assentos de elevação e transferimos as cadeirinhas mais simples e menos espaçosas para o assento do fundão. Você pode ver o vídeo onde mostro tudo! Até mais!

 

Deixe seu comentário