Pérolas da Mônica

  • Paramos nos semáforo fechado e Marcelo reclamou, pedindo para o papai continuar andando com o carro.
    Papai: – Mônica, explica para o Marcelo por que a gente precisa parar quando a luz está vermelha?
    Mônica, meio zangada: – Ai, papai… Já ajudei a dar banho, a arrumar… Pensa que eu sou a babá?

  • Mônica: – Mamãe, minha amiga tem tênis com luzinha. Compra um para mim?
    Mamãe: – Mas, filha, lembra que a mamãe acabou de comprar aquele tênis novo que você precisava para a escola?
    Mônica: – Sim, mas eu queria.
    Mamãe: – Tá bom, filha. Mas a mamãe não tem assim tanto dinheiro. A mamãe tem que trabalhar e ganhar dinheiro para pagar a comida, as roupas, a escola…
    Mônica fica em silêncio, pensativa.
    Mônica: – Mamãe, comida é bem mais importante do que tênis.
    Muda de assunto e desiste do tênis.

  • Mônica estava brincando com pinos de boliche de plástico.
    Mônica: – Mamãe, posso te pedir um favor?
    Mamãe: – Claro, filha!
    Mônica: – Se eu derrubar todos os pinos, você bate palmas para mim?

  • Mônica dormiu na cama dela sozinha depois de passar muitos dias dormindo com os pais.
    Papai: – Mônica, você gostou de dormir na sua cama?
    Mônica: – Não sei, né. Eu tava dormindo.

  • Mamãe: – Murilo, sorria para a mamãe que eu quero te filmar!
    Mônica, sem paciência, virando os olhos para cima: – Ai, mamãe, ele nem sabe o que é “filmar”…

  • Mônica estava com alergia na perna e eu pedi para ela não coçar. Mas peguei ela no flagra, coçando, uma hora depois.
    Mamãe: – Mônica, não coça a perninha. Vai piorar sua alergia.
    Mônica: – Mas, mamãe, eu não estava coçando, só estava fazendo carinho na minha perna.

  • Papai: – Ah, que pena. Eu não tenho nenhum vídeo de quando eu era pequeno.
    Mônica: – Papai, você já procurou no Facebook da sua mãe?

  • Mônica e papai assistindo às Olimpíadas e ele explicando a diferença entre os esportes.
    Papai: – … e aí quando têm seis jogadores e a rede alta o esporte é vôlei. Entendeu?
    Mônica: – Tá, tá, papai. Agora me deixa relaxar um pouco.

  • Mônica: – Mamãe, preciso te dizer uma coisa. Eu não quero ter um nenê na minha barriga.
    Mamãe: – Você não vai querer ter filhos quando for adulta, é isso?
    Mônica: – Não, mamãe, eu disse que não quero ter um nenê na minha barriga. Mas, lembra que você falou que tem uma loja que as pessoas levam os bebês abandonados e as pessoas pegam?
    (Juro que não me lembro de algum dia ter falado sobre isso com ela)
    Mamãe: – Você quer dizer um lugar onde as pessoas adotam um bebê que outra mãe não pôde ficar?
    Mônica: – Isso mesmo. É isso que eu quero. Eu vou lá e vou pegar um bebê para mim.
    Olhei para ela com cara de amor e admiração.
    Mônica: – Mamãe?
    Mamãe: – O quê?
    Mônica: – Mudei de ideia. Vou pegar dois!

  • Mamãe: – O que essas bolas estão fazendo no banheiro? Você estava brincando de bola no banheiro?
    Mônica: – Claro, né, mamãe? Pensou o quê? Que eu estava fazendo cafuné nelas?

  • Mônica: – Mamãe, qual dos filhos tu gosta mais?
    Mamãe: – Ah, a mamãe gosta muito de todos os filhos. Por quê? Você gosta mais de alguém?
    Mônica: – Eu gosto mais de mim.

  • Mamãe: – Mônica, o que é isso no seu rosto? Você se riscou de caneta?
    Mônica: – Ah, esse risco? É que eu estava distraída brincando no meu quarto e a caneta veio e me riscou.

  • Na escola da Mônica, dá o sinal e as portas abrem para os pais buscarem seus filhos nas salas de aula. Como matriculei os trigêmeos em turmas diferentes, no ano que vem terei que buscar quatro crianças em quatro salas de aula diferentes. Assim desenrolou-se uma conversa com a professora da Mônica quando eu a busquei no final da aula.
    Professora: – Então os trigêmeos vêm estudar aqui no ano que vem?
    Mamãe: – Sim. Mas ainda nem sei como vou fazer para buscá-los no fim da aula. Quem eu busco primeiro?
    Mônica, indignada: – Eu, né, mamãe?! Claro!

  • Mônica acordou mas continuou deitada. Papai insistia para ela ir ao banheiro.
    Papai: – Mônica, já fez xixi?
    Mônica: – Sim.
    Papai: – Ué, fez onde? No tapete?
    Mônica: – Ãhn? Tá achando que eu sou cachorro?

  • Mônica: – Mamãe, olha o que eu escrevi com essa caneta.
    Mamãe: – Ficou ótimo, filha. Mas isso aí é um lápis, tá?
    Mônica: – Eu sei que é um lápis, mas eu chamo de caneta porque esse é o apelido do lápis, tá?

  • Mônica: – Quando eu for adulta, eu vou ter um carro rosa. Mas não precisa ser grande porque eu vou ter duas filhas gêmeas. Só duas, não trigêmeas, só gêmeas.
    Papai: – Que legal, filha! Vão ser só gêmeas por quê?
    Mônica: – É que daí é mais fácil de cuidar.

  • Mamãe: – Filha, tem que ficar bem paradinha para a mamãe conseguir fazer o coque do ballet direito.
    Mônica: – Eu tento ficar parada, mas você sabia que quando uma pessoa puxa o cabelo da outra, ela vai para trás?

  • Depois de ter pedido para Mônica parar de brincar e escovar os dentes para ir dormir, escutei ela cochichar para o papai.
    Mônica: – Papai, hoje a mamãe está só incomodando, né?

  • Mônica: – Mamãe, os maninhos são retirantes, né?
    Mamãe: – Retirantes?
    Mônica: – É, eles retiram tudo do lugar e só fazem bagunça.

  • Mônica entrou na loja de brinquedos.
    Atendente: – Oi, posso ajudar?
    Mônica: – Oi, meu nome é Mônica. Sabia que eu já apareci na TV?

    *Ainda sobre nossa ida ao Programa Encontro.

  • Mônica e papai estavam conversando sobre alguns bonequinhos que o papai tinha quando era criança, mas perdeu.
    Papai: – Que pena que não tenho mais, filha. Queria dar para você.
    Mônica: – Você não guardou para mim porque ainda não me conhecia, né?

  • Mônica estava de férias.
    Dinda Marina: – Mônica, que dia começam as tuas aulas?
    Mônica: – Quando terminarem as minhas férias.

  • Mônica: – Mamãe, acho que eu e o Murilo somos gêmeos.
    Mamãe: – Por quê?
    Mônica: – Porque nós somos os melhores amigos que existem nesse Brasil!

  • Papai Maurício e Mônica estavam procurando a cadela Kate no sítio.
    Papai: – Ué, a Kate não está aqui hoje. Acho que ela foi trabalhar.
    Mônica: – Ai, papai, cachorro não trabalha, né?
    Papai: – É, nunca trabalha.
    Mônica: – Então eu quero ser um cachorro. Não, peraí, eu quero ser um gato.
    Papai: – Por quê?
    Mônica: – Porque gato só faz o que quer. Cachorro tem que obedecer.

  • Estávamos conversando e Mônica falava sobre nomes que as pessoas poderiam ter. Eu disse à ela que o nome dela tinha sido escolhido por mim.
    Mamãe: – Eu escolhi o seu nome, você vai poder escolher o nome do seu filho quando tiver um.
    Mônica: – Eu não quero ter filhos.
    Mamãe: – Por que não?
    Mônica: – Porque eu não quero cortar a minha barriga. (Ela acha que cortes doem)
    Mamãe: – Mas não precisa cortar. Os filhos podem nascer de duas formas: pela barriga ou pela pepeca.
    Mônica: – Então o meu vai nascer pela pepeca!
    Mamãe: – Por que você prefere pela pepeca?
    Mônica: – Porque sou eu que escolho!
    Mamãe: – Mas você sabia que pela pepeca também dói?
    Mônica: – Então eu vou ser bem corajosa.

  • Mamãe: – Quem se chama Mônica levanta a mão.
    Mônica não levanta a mão.
    Mamãe: – Ué, filha, seu nome não é Mônica?
    Mônica: Sim, mamãe, mas eu não me chamo de Mônica. Quem me chama são os outros.

  • Mamãe: Nossa, filha, que desenho lindo!
    Mônica: – Sabe porque ficou lindo, mamãe? Porque eu sou canhota!

  • Mônica não queria parar de brincar para ir fazer xixi, mas mamãe levou mesmo contra a vontade.
    Mônica, de cara feia: – Pronto, já fiz.
    Mamãe: – Como que você já fez se a água continua transparente?
    Mônica: – É que meu xixi é invisível.

  • Mônica: – Mamãe, eu te amo!
    Mamãe: – Nossa, mesmo?
    Mônica: – Sim, e sabia que eu amo até o papai?

  • No meio de uma conversa com pessoas que sentaram na mesa ao lado no restaurante, Mônica me ouviu falar sobre os trigêmeos.
    Mônica: – Sabia que eu também vim da barriga da minha mãe? Só que eu nasci sozinha.

  • Sobre o papai Maurício.
    Mônica: – Mamãe, o papai é do mal?
    Mamãe: – Claro que não, filha!
    Mônica: – Então o nome dele tinha que ser papai Bem-rício.

  • Mônica: – Nossa, mamãe! Você tem muitos filhos!

  • Caminhando pelo pátio do condomínio, um homem me viu com os trigêmeos e perguntou:
    Homem: – Os três são seus?
    Mônica: – Os quatro. Porque minha mamãe tem os maninhos e também tem eu.

  • Certo dia, levei Mônica e Marcelo à revisão com otorrinolaringologista. Quando estávamos no elevador do consultório, uma senhora me perguntou quanto tempo eles tinham de diferença. Eu disse que ela tinha 4 anos e ele 2. Ao que Mônica resolve alongar a conversa:
    Mônica: – sabia que lá na minha casa eu tenho mais dois iguais à esse?
    Mulher, olhando para mim, sem entender nada: – hehehe, essas crianças…

  • Mônica: – Papai, ontem eu queria dizer uma coisa pro Murilo, mas ele dormiu. Eu vou falar agora, tá? Murilo, ontem você roubou o bico do Marcelo e o brinquedo do Matheus. Você foi mal-educado. Você não pode fazer isso porque assim ninguém vai querer ser seu amigo. Eu sei disso porque eu tenho 4 anos, eu vou fazer 5 anos. Você tem 1 e vai fazer 2. Só isso, tá?

  • Papai pergunta, esperando que ela responda “eu!”
    Papai: – Mônica, quem é a coisinha mais linda do mundo?
    Mônica: – a mamãe!

  • Ao buscar Mônica na escola, ela sempre quer ficar mais um pouquinho nos brinquedos do pátio interno. Certo dia, meu marido contou que ela estava brincando com uma menina e seu irmão, que devia ter 6 ou 7 anos. Aparentemente o menino a estava incomodando, pois por diversas vezes ela veio relatar à meu marido que o menino ora empurrou, ora não deixou subir na escada, ora riu dela.
    Aproveitando-se da irritação da Mônica, meu marido conseguiu convencê-la a ir embora. Ela, indo, falou, braba: “Aquele menino é muito chato! Acho que vou ter que chamar os maninhos para bater nele!”

  • Mônica ficou braba comigo porque eu disse que a TV estava muito alta e baixei o volume. Ela me chamou de feia.
    Mamãe: – o que você disse, filha?
    Mônica: – nada, nada!
    Mamãe: – eu acho que eu ouvi você me chamar de feia.
    Mônica: – não, mamãe, hã, você entendeu tudo errado. Eu disse que, hã, eu disse que, hã, eu disse que o buraco do seu nariz era feio!

  • Mônica disse que ia desenhar a mamãe e, em seguida, apareceu com um desenho onde tinha uma mulher de cabelos pretos. Meu cabelo é ruivo mas vem escurecendo com o passar dos anos (sem falar nos fios brancos que insistem em aparecer!). Ela não sabe disso, mas me dizer que meu cabelo não é ruivo é o meu calcanhar de Aquiles.
    Mônica: – ó, mamãe, fiz você!
    Mamãe: – você desenhou a mamãe de cabelos pretos???
    Mônica: – é que, hã, eu fiz você no escuro!

  • Um dia desses, na hora da janta…
    Papai: – Mônica, o que você quer comer?
    Mônica, sem tirar os olhos da televisão: – Ah, depois eu vou fazer uma saladinha pra mim.

  • Mamãe: – Mônica, a mamãe vai fazer xixi bem rapidinho. Você cuida um pouco dos maninhos que eu já volto, tá?
    Mônica: – Mas, mamãe, e quem é que vai cuidar de mim?

  • Precisei ir à Porto Alegre uma vez. Fui e voltei no mesmo dia. Meu marido contou que, naquela noite, quando a babá foi embora e ele ficou sozinho com as quatro crianças, Mônica falou: “Papai, agora estamos só nós dois cuidando dos maninhos, né? A gente é impressionante!!”

  • Todos os dias, na hora de arrumar-se para a aula, Mônica faz brincadeiras, foge da gente e não quer vestir o uniforme. Às vezes brinco e acho graça, mas outros dias a gente se atrasa por causa disso. Hoje, quando ela levantou e veio pra sala, me viu tentando vestir a blusa no Marcelo, que se debatia e brigava comigo.
    Mônica: – Mamãe, quando os maninhos também forem para escola a gente vai demorar muito, né?
    Mamãe: – Por que você acha isso, filha?
    Mônica: – Porque você vai ter que arrumar quatro filhos!

  • Conversa no balanço do parquinho.
    Mônica: – Papai, sabia que eu já fiz 1 ano, já fiz 2 anos, já fiz 3 anos e agora eu vou fazer 4 anos?
    Papai: – Sim, filha! Que legal né? Você já está grande!
    Mônica: – É…mas depois eu vou fazer 5, depois 6, 7, 8, 9, 10…
    Papai: – Nossa, mas daí você vai estar bem grande mesmo! Vou sentir saudades de você assim pequeninha.
    Mônica: – É? (pausa pensativa)… Mas você tem que entender que eu vou crescer, tá bom? (abraço por iniciativa dela).
    -Papai: – Verdade filha….verdade….

  • Mônica contou pro papai que estavam fazendo um trabalho pro Dia das Mães.
    Mônica: – hoje nós dissemos na aula o nome das nossas mamães.
    Papai: – é mesmo? E como é o nome das mães dos coleguinhas?
    Mônica: – hum… Ah, não sei. Só lembro do nome da minha!

  • Era Páscoa e recebemos via whatsapp uma mensagem em áudio de uma amiguinha da Mônica que é nossa vizinha. A amiguinha desejava uma feliz páscoa para todos nós. Convidei a Mônica para respondermos a mensagem. Na primeira vez que apertei o botão da gravação, ela ficou com vergonha e não disse nada. Aí na segunda vez, eu disse pra ela desejar uma feliz páscoa pra menina e ela gravou e gostou. Pediu pra gravar outra.
    Eu: – Mônica, diz alguma coisa pra sua amiguinha.
    Apertei o botão de gravação.
    Mônica, falando pro celular: – Eu tenho muitos irmãos.

  • Um dos vídeos que as crianças gostam de assistir no Netflix é Piratinhas. O personagem principal chama-se Billy Caolho. Mônica sempre cantou a música “eu sou o capitão Billy Caolho” errada porque não entendia certo o nome do pirata. Meu marido ensinou e ela começou a cantar certinho. Recentemente ele me contou que ela, quando cantou certo, olhou pra ele e perguntou se estava certo. Ele disse que sim. Em seguida, ela perguntou: “é capitão Bilica Olho, né, papai?” Me lembrei que eu passei muitos anos pensando que o nome do ator era “Tarci Zilmeira” ao invés de Tarcísio Meira.

  • Sentada no vaso, Mônica pediu para cantarmos uma música. Eu pedi que ela cantasse a sua favorita. Começou a cantar coisas desconexas onde todas as estrofes terminavam em “iu”. Até que falou “Brasil”.
    Eu: – O que é Brasil, Mônica?
    Mônica: – É um “coiso” que joga futebol.

  • Mônica estava sentada atrás do Marcelo e colocou o pé nas costas dele. Começou a empurrar. Ele chorou. Eu perguntei:
    – Mônica, não faz isso, quer machucar o maninho?
    – Opa, me confundi, pensei que ele era uma ovelha!
    Gente, da onde ela tira uma coisa dessas?

  • Mamãe: – Mônica, eu te amo. Eu te amo muito!
    Mônica: – Tá bom, mamãe. Obrigada.

  • Mônica chamou mamãe e papai para assistir ao teatro que ela estaria apresentando no nosso quarto. Como estávamos dando banho nos manos, tivemos que pedir para ela esperar terminarmos. Com tudo pronto, papai entrou no quarto e tirou a camiseta molhada (os manos fazem uma hiper bagunça no banho) para colocar uma limpa. Mônica, impressionada com a falta de educação e modos, dispara:
    – Papai, não pode entrar pelado no teatro!

  • Meu marido dá banho nos quatro e eu vou buscando um por um no banheiro, secando, arrumando e colocando pijama. Às vezes sou eu que dou banho na Mônica. Ela é muito metódica e sempre acha que meu jeito de dar banho e enrolar ela na toalha é errado, porque não é exatamente igual ao do papai. Então hoje, quando enrolei ela na toalha e ela me olhou, imaginei que ia me criticar. Deu-se o diálogo:
    Eu: – Estou fazendo algo errado?
    Mônica: – Não, mamãe, cada um tem suas regras. Cada um tem seu jeito de fazer as coisas.
    Eu: – É mesmo?
    Mônica: – Sim, cada pessoa é diferente.
    Marido e eu nos olhamos, um querendo saber do outro quem havia ensinado isso a ela. Nenhum de nós foi. Se as aulas já tivessem começado, daria o crédito à escola.

  • Mônica: – mamãe, sabe o que eu quero ser quando crescer?
    Eu: – o quê?
    Mônica: – a Mônica!

  • Mônica: “mamãe, você é muito maravilhosa. Como eu”.
    Mônica, querida, eu não chego aos teus pés!

  • Mônica contando até 20: um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete, oito, nove, dez, dezeum, dezedois, dezetrês, dezequatro, dezecinco, dezesseis, dezessete, dezeoito, dezenove, vinte.

  • Mônica: “Mamãe, eu queria mais maninhos.”
    Eu: “Mais????”
    Mônica: “É, que nem aquele dia que a gente foi na loja de bebês e você comprou o Marcelo e o Murilo”.
    Eu: “Mas e o Matheus?”
    Mônica: “O Matheus a gente voltou pra buscar mais tarde porque não cabia no seu colo”.

  • Mônica: – mamãe, a TV está muito alta. Será que dá pra “desaumentar” o volume?

  • Mônica foi pro meu quarto comigo se secar e botar o pijama depois de ter tomado banho. Liguei a tv, como sempre faço, pra ela ver a Peppa Pig naquele horário. Estava em outro canal, num de adulto, provavelmente porque os maninhos haviam entrado no meu quarto um pouco antes e eles sempre mexem no controle da NET. Ela rindo, diz:
    Mônica: – Ai, esses maninhos, são uns sapequinhas.
    Eu: – Por quê, filha? O que eles fizeram?
    Mônica: – Eles esquecem que eu também sou criança e colocam em outro canal.

  • Ao contar para Mônica que minha irmã (dinda dela) esperava um bebê, perguntei que nome ela daria. Ela me disse que se fosse menino seria “Sal” e, se fosse menina, seria “Açúcara”.

  • Mamãe estava arrumando (de novo) o guarda-roupas da Mônica enquanto a bonitinha desenhava, em seu quarto.
    Mamãe: – Olha essa blusa, Mônica, que linda!
    Mônica: – Sim, muito linda…
    Mamãe: – E essa aqui, você ainda vai usar?
    Mônica: – Sim, é muito linda (nem levantou a cabeça pra olhar)
    Mamãe: – E essa aqui, filha?
    Mônica: – Sim, mamãe, mas agora deixa eu desenhar, tá?

  • Mamãe: – hummm, cheiro ruim. Acho que alguém fez cocô.
    Mônica: – já sei! Deve ter sido o Murilo. Ou então o Marcelo ou o Matheus.

  • Imaginação à mil… Eu dei um gritinho de feliz e comemorei porque Matheus ficou de pé por uns 10 segundos, sem se apoiar.
    Mônica grita da sacada: – O que foi, mamãe?
    Eu: – Só comemorei o maninho.
    Mônica: – Ah, bom, achei que tinha chegado um dinossauro.

  • Murilo acordou do soninho da manhã e eu o trouxe pra sala.
    Mônica: – oi, Matheus. Opa, me confundi, é o Murilo.
    Eu: – ué, filha, como você sabe que é o Murilo?
    Mônica: – ai, mamãe, porque ele tem a carinha dele de Murilo. Olha!

  • Mônica disse que queria contar uma piada. Começou a falar coisas desconexas e terminou com “e a galinha fez xixi no lixinho!”.

  • Mônica: ” – Mamãe, sabia que o Marcelo, Matheus e o Murilo são os seus trigêmeos?”

  • Mônica, com as mãozinhas apontadas para mim (me enviando uma magia):
    – Eu sou uma super “herorina” e vou te derrotar!

  • Mônica sempre toma banho à noite, só que ontem tomou às 19h e ficou impressionada que ainda era dia quando saiu do banheiro. Quando a babá chegou ela contou:
    Mônica: “- Lurdes, sabia que quando eu tomei banho ainda era de dia?”
    Lurdes: “- É mesmo, Mônica, o sol ainda não tinha ido dormir?”
    Mônica: “- Nããão, Lurdes! É que a Terra ainda não tinha girado”

  • Às 20h45 a Mônica saiu do banho.
    Vovó: ” – Mônica, o papai lavou o seu cabelo? Mas era dia de lavar?”
    Mônica: ” – Não, vovó, era noite”

  • Mônica pegou um apito, assoprou bem forte e todos nós nos assustamos.
    Eu: “-Nossa, Mônica, como você sabe assoprar!”
    Ela: “-Ai, mamãe, é que eu sou muito assopradinha”

  • A Mônica estava cantando a música “Seu lobato tinha um sítio, ia ia ô, nesse sítio tinha um maninho ia ia ô, era maninho pra cá, era maninho pra lá, era maninho pra todo lado ia ia ô”. O que dizer? Tem maninho pra todo lado aqui em casa mesmo!

  • Mônica: “mamãe, eu gosto do Matheus. Na verdade eu gosto do Marcelo, do Murilo e do Matheus. Sabe por quê? Porque eles são gorduchinhos”.

58 comentários

  1. Gente a Mônica é uma graça, leio direto e poco de rir

    1. Michele Kaiser

      Concordo! Ela é uma gracinha, e muito perceptiva!

  2. Bruna

    kkkk….
    Olá Michele…adoro seu blog!
    Não tenho filhos ainda, mas me encanto pelas suas aventuras com teus quatro anjinhos!
    Sempre tive a curiosidade: a Mônica sabe identificar os irmãozinhos? Ela é adorável….
    Acho tua história incrível…comecei a te acompanhar quando fui diagnosticada com uma “possível” endometriose, e desde lá não passo muitos dias sem ler seus posts, seus filhos são lindos, uns amores, parabéns!

    1. Michele Kaiser

      Hehehehehe! Eles são uns amores! Obrigada pelo carinho!
      Vc já sabe mesmo se tens endometriose? Hoje os tratamentos são mais modernos e os médicos mais ligados na doença. Me conta mais. Um beijo!

      1. Bruna

        Ainda não temos certeza…há uns dois meses a minha Dra. começou a investigar e analisar o meu caso. Tenho todos os sintomas, e comecei tomar anticoncepcional contínuo para ver como me sinto, ainda não tive muitas mudanças, os próximos passos serão aprofundar mais as análises e tomar as providências. Tenho fé que dará tudo certo, e que terei filhos lindos como os teus. Obrigada pela atenção, continuarei te acompanhando. Um beijão para todos!

      2. Michele Kaiser

        Estás tentando engravidar ou apenas ainda em tratamento?

  3. Bruna

    Ainda não estou tentando, apenas em tratamento em virtude das dores que sinto…..

    1. Michele Kaiser

      Sucesso no tratamento! Bjs.

  4. Amanda

    Posta mais pérolas dela!! Ela é uma graça!!

    1. Michele Kaiser

      Ela é mesmo! Kkkk bjs

  5. Mara Regina

    No aniver de um ano, estava com um dos meninos no colo, conversando com a Mônica.
    Como não distinguia quem era quem, e ela distinguia desde bem pequerruxa, perguntei:
    – Moniquinha, quem é este que está no meu colo?
    E ela respondeu solenemente:
    – Este é um rapaz, tia Mara!
    hahahaha…morri!! Dá uma gana de esmagar de tão maravilhosa!

    1. Michele Kaiser

      Ah, que linda a minha menininha!! Bjs, Mara!

  6. Debora

    A Mônica é demais! Engraçada, inteligente e muito carinhosa!
    Amamos muito!
    Beijos

    1. Michele Kaiser

      Ela é uma criança especial!!

  7. Débora

    Amos as pérolas da Mônica,podia postar mais né?Bjos em todos,que Jesus continue os abençoando.

    1. Michele Kaiser

      Também adoro as pérolas dela, mas temos que esperar ela dizer mais coisas engraçadas… Bjs!

  8. Thais Nicolini

    Essa menina é uma parada!! Quase morri rindo com a da ovelha e a do dinossauro! Ela tem razão: é impressionante!

    1. Michele Kaiser

      Ela é mesmo impressionante! Kkkkkk bjs!

  9. Katarina Rabelo Stach

    Adorei! A Mônica é uma fofa! Sua família é linda!!

  10. Oii,

    Amei seu blog e amei as pérolas da Monica!
    Se quiser compartilhar alguma frase no meu blog, ficarei feliz!

    http://www.falatagarela.com.br

    beijos

    1. Michele Kaiser

      Seria muito legal, Dani! Vou visitar seu blog! Beijos!

      1. 🙂

  11. Manoela

    Parabéns pelo novo blog, adorei!!! E parabéns também pela filhota, muito inteligente!

    1. Michele Kaiser

      Muito obrigada!!!!

  12. Ana Marla Trigueiro (@marlatrigueiro)

    Olá Michele,

    Boa noite!

    Quero te dizer que o seu blog é lindo em todos os sentidos. É um cantinho divertido, cheio de amor e muito aprendizado.
    Não tenho filhos ainda, mas, sou apaixonada por crianças. Peço a Deus que me dê a graça de ser mãe e que eu seja tão amorosa e organizada como você é.

    Parabéns pelo blog e principalmente pela família linda que vocês construíram.

    Beijos,

    Ana.

    1. Michele Kaiser

      Oi, Ana! Muito obrigada pelas carinhosas palavras! Acalentou meu coração. Tenho muito amor pelos meus filhos, e meu blog é o lugar onde eu exponho isso. Elogiar o blog é como elogiar e demonstrar amor aos meus filhos. Muito obrigada! Um beijo!

  13. Jenifer Naiane

    Ameeeeeeeei li quase todos ♥

  14. May Toyoda

    Rolei de rir, essa Mônica é uma figura

    1. Michele Kaiser

      Hehehehe, ela é uma figuraça!!

  15. Monise Santos

    Fofa, fofa fofaaaa!!!

  16. Fernanda Quentino

    Adorei a Mônica, crianças falam o que estão pensando e isso é muito lindo… Dizer que tem mais dois iguais em casa foi o melhor… Muito fofa!

    1. Michele Kaiser

      É uma querida, né?? Beijos!

  17. Que legal..coloque as datas pois assim vc vai notar no futuro que muitos destes comentários refletem a personalidade real

    1. Michele Kaiser

      Eu não coloco ali, mas tenho a data em que postei na edição. Vou começar a colocar. Um beijo!

  18. Jenifer

    Kkkkkkk que linda!! Ela é uma gracinha!! Ri demais com todas essas perolas!!! Imaginaçao e espontaneidade a mil!!!

    1. Michele Kaiser

      Ela é uma gracinha mesmo!!! Hehehehe. Beijos! E obrigada.

  19. Os comentários da Mônica são impagáveis, me passei de rir imaginando a carinha dela falando essas coisas. Mas vem cá, ela tem por quem puxar, o teu “Tarci Zilmeira” superou todas as da Mônica… kkkkk. Muito divertido, obrigada por compartilhar com a gente!

    1. Michele Kaiser

      Hahahaha. E eu pensava que era assim mesmo! Beijos!

  20. Rosana Silveira Lopes

    Entrei no blog pra ler a história do bode, comecei a ler as pérolas da Mônica e não consegui parar até ler tudo. Ela é muito fofa! Uma querida, divertida, inteligente… aiiii, vontade de conviver com essa garota!
    Tenho um menino de 2 anos e 8 meses (que também tem umas falas ótimas de vez em quando) e estou me preparando pro segundinho. Vai que Deus me presenteia com uma menina no estilo Mônica?! Seria muita felicidade!!!

    1. Michele Kaiser

      Uma menininha é tudo de bom! Espero que você seja abençoada por uma menininha. Obrigada pelo carinho com a minha. Beijo!

  21. Isabela

    Oi Michele, conheci seu blog essa semana e adorei. Hoje li todas essas pérolas e estou apaixonada pela Mônica! ❤
    Tenho uma filha que vai fazer 1 aninho mês que vem, enquanto lia fiquei imaginando como será quando ela começar a falar. O que me fez sorrir ainda mais.
    Moro aqui no RS também, em Bagé.
    Parabéns pelos seus filhos, são lindos demais. Desejo muita felicidade e saúde para todos. Beijos.

    1. Michele Kaiser

      Obrigada pelo carinho conosco e, especialmente, com a Mônica. Que bom que você encontrou o blog! Um beijo!

  22. Bruna

    Nossa a Mônica é muito inteligente,que Deus abençoe essa família linda!!! Adorei ter encontrado esse blog!

    1. Michele Kaiser

      Que bom que você nos achou! Obrigada pelo carinho!

  23. sulane

    estou morrendo der rir com a MÔnica ela é uma menina muita inteligente

  24. Áilen

    Chorando de rir aqui… amei!

    1. Michele Kaiser

      Obrigada pelo carinho!

  25. Maria Olívia

    Ai Michele,quase morri de rir das pérolas da Mônica!!!Que coisa mais fofa e querida que são teus filhos!!! Amo suas postagens!!! Deus continue abençoando ricamente à vocês!!! Bjs

    1. Michele Kaiser

      Obrigada pelo carinho, querida!!!

  26. Jessica

    Oi Michele, acabei de conhecer a Mônica e já tô apaixonada kkkkk qual o signo dela?

    1. Michele Kaiser

      Oi, Jessica. Ela é de Leão.

  27. Regina

    Michele, sua filha é muito esperta. Amei as respostas dela. 🙂

    1. Michele Kaiser

      Muito obrigada!! Ela é demais! <3

  28. Fabiola Fernandes

    Mônica e suas pérolas…Sempre encantadora…

    1. Michele Kaiser

      Ela é uma querida!

Deixe seu comentário