Nossa viagem com quatro filhos

Tínhamos combinado de sair em comboio rumo ao sítio hoje, domingo, aproximadamente às 9h30 da manhã. Baseada na rotina das crianças (acordam às 7h30 e dormem de novo às 10h30 até 12h), a decisão foi tomada há dias. Meu pai, minha mãe e minha tia iriam no carro deles atrás da gente, que sairíamos levando as quatro crianças em suas cadeirinhas. Havia a possibilidade de minha mãe ir no carro conosco porque eu, desde a gravidez dos trigêmeos, sinto enjoo no carro e tenho medo de não conseguir atender as crianças.

Porém, na sexta-feira, uma das minhas tias ligou dizendo que havia visto na previsão do tempo que choveria o dia inteiro no domingo, em boa parte do estado do RS. Como sabem que não viajo com chuva e nem à noite (muito menos em noite com chuva), meus familiares sugeriram antecipar a viagem para sábado à tarde. Por causa do horário de verão, topamos! E foi a melhor coisa que fizemos.

Para se despedir de casa e da babá da noite (foi a última vez que a Lurdes fez o turno da noite, em janeiro passa para o dia), os meninos ficaram acordados das 4h às 6h30. E ainda por cima dormiram pouco no soninho da manhã. O papai chegou do trabalho às 13h, almoçamos e corremos arrumar tudo! Seguindo a lista que já havia feito, não esqueci nada! Dei Dramin B6 pra Mônica às 15h e saímos exatamente às 15h50. A ideia era parar em dois lugares no caminho (são 250 quilômetros da nossa casa até o sítio). Um dos lugares ficava pouco antes do meio do trajeto e, o segundo, faltando cerca de 50 quilômetros para chegarmos. Se algo houvesse, pararíamos em qualquer lancheria de beira de estrada.

Nos instalamos no carro e ficou muito apertado, não deu pra ninguém ir sentado no meio da Mônica e de um dos maninhos no banco de trás. Optamos por eu ir na frente com o marido e a Mônica e o Matheus atrás, e o Marcelo e o Murilo lá no fundão.

IMG_3454

Como estava no horário do soninho deles (até atrasado) e ela tinha tomado Dramin, antes de sairmos do perímetro urbano, todos já estavam dormindo!

IMG_3447Vocês acreditam que todos dormiram o caminho todo e conseguimos vir direto pro sítio, sem parar uma vez sequer? Foi fantástico! O Marcelo acordou faltando 10 minutos para chegarmos e os demais acordaram só aqui. Custo a crer na nossa sorte!

À noite, todos meio atrapalhados da viagem, pegaram no sono às 22h30 e dormiram até às 6h. Dormiram de novo às 9h45 e acordaram às 11h30. Acredito que para os próximos horários conseguiremos voltar à rotina normal deles.

Olhem nossas instalações. Meus tios providenciaram para que nada faltasse. Os meninos dormem nessas camas desmontáveis, e trocamos a fralda nessa cama de casal ao lado, onde dorme a pessoa que passa a noite com eles:

100_3599

Esse é o banheiro onde damos o banho:100_3605

E aqui é o cantinho da televisão:100_3606

E essas são as boias que os tios compraram para os bebês. Como choveu muito e ainda está chovendo, estamos aproveitando só dentro de casa!

10863583_312491748939726_1875204728_nMatheus e Marcelo, Murilo estava no colinho de alguém (tem vários colinhos por aqui).

A Mônica está dormindo em um quarto com o papai e a mamãe. A cama é bem grande, mas ela já prometeu que vai dormir com cada uma das minhas tias. Hehehehe.

Mais novidades em breve! Até mais!

8 comentários

  1. Andréa

    Excelentes férias pra vcs!!!
    Adorei as fotos Michele!!!!
    Bjks

    1. Michele Kaiser

      Obrigada, Andréa! 😉

  2. Cyntya

    Aproveitem As férias!
    Pelas Fotos JA da pra Perceber Que Eles Estão Amando Tudo.
    Quando Forem Pra Piscina Com Essas Bóias Então Rsrsrs 🙂
    Ps: Meu COrretor Maluco Fez Isso Com A Formatação Do Texto.

    1. Michele Kaiser

      Estamos ansiosos para que o tempo melhore e eles possam aproveitar ainda mais!

  3. Fatima

    Mas o tio Marcio e a tia Dione são o máximo hein!!!!! Pensaram em tudo… Essas férias com certeza serao maravilhosas. Aproveitem bastante…Bom Natal pra todos!!!!!

    1. Michele Kaiser

      São o máximo dos máximos! Obrigada!

  4. Amei o post! Uma graça ver toda a criançada dormindo no carro hehe

Deixe seu comentário