Nosso carro de 7 lugares

Uma coisa interessante sobre transportar quatro crianças em carro de 7 lugares é que você precisa escolher: ou você leva as crianças, ou você leva a bagagem. Transportar as duas coisas é uma tarefa praticamente impossível (risos)!

Resolvemos comprar um carro de 7 lugares quando os trigêmeos já tinham nascido. Enquanto eu ainda estava grávida, pensava que ainda ia demorar para eu pegar o carro e sair pra passear com todos. Por isso, demos prioridade aos gastos com o quartinho e a nossa sala, que precisou ser adaptada.

A compra do carro de 7 lugares

Quando os meninos tinham seis meses foi que decidimos investir no carro de 7 lugares. Dentre as opções para carros de sete lugares, acabamos optando pela SPIN LTZ, da Chevrolet. Outros da mesma categoria e de preço semelhante são Doblô (da Fiat) e GranLivina (da Nissan). Optamos por ele por ser mais alto e ser um carro de modelo mais novo.

SPIN LTZ carro de 7 lugarescarro de 7 lugares

Só que a SPIN não tem porta-malas. Na verdade, o porta-malas com os bancos traseiros rebatidos é bastante grande, mas como sempre temos que levar quatro crianças, o que sobra atrás com os bancos funcionando é uma merreca de lugar. Não cabe nenhuma mala quadrada, apenas pequenas sacolas como mala de maternidade, por exemplo. Levar os filhos viajar sem um carro de apoio ou bagageiro de teto com nossas coisas fica muito difícil. Mas como as dificuldades para viajar com eles são inúmeras e acabamos viajando pouco, decidimos por esse carro porque é muito confortável para usar dentro da cidade para levá-los ao médico, à casa da vovó e outros poucos lugares que nos aventuramos por algumas horas.

No início, quando os meninos ainda eram bebês, costumávamos colocar três bebê-conforto nos bancos de trás. Como eles iam de costas, eu sentava com a Mônica lá no fundão. Mas eu fico meio enjoada de viajar no fundo, então, quando eles fizeram um ano e eu pude trocar para as cadeirinhas, fiquei feliz da vida de voltar a sentar na frente.

trigêmeos carro de 7 lugares

Marcelo, Murilo e Matheus iam nos bancos traseiros, de costas.

A partir dessa idade, passamos a utilizar as cadeirinhas. Com a exceção da que já tínhamos comprado para a Mônica, compramos todas as dos meninos usadas. Leia sobre as cadeirinhas no post Muitas cadeirinhas para carro.

Sempre que posto fotos nossas no carro de 7 lugares, me perguntam qual o carro que temos. Nesse vídeo, mais detalhes sobre o nosso carro:

Leia 8 dicas para viajar melhor com muitos filhos

Até mais!

11 comentários

  1. Camilo Camurça

    Olá Michelle,

    Estou comprando uma SPIN LTZ, principalmente com o objetivo de transportar dois filhos em idade de utilizar cadeirinha, a minha esposa, a sogra e a babá, por exemplo, e uma das inspirações foi o seu BLOG.

    Entretanto, ao ler o manual da SPIN LTZ me deparei com uma recomendação de que nos bancos da terceira fila NÃO PODEM SER TRANSPORTADAS CRIANÇAS COM MENOS DE 36kg ou 3 ANOS (ou seja, não devem ser utilizados nenhum dos dispositivos de retenção para essa faixa – bebê conforto e cadeirinha não são permitidos na última fileira). Motivo: SEGURANÇA.

    Te pergunto: você sabia disso e teve que usar mesmo assim, por falta de opção? Ou não sabia dessa recomendação? Você passou por algum problema ao transportar as crianças na terceira fila?

    Podeiras compartilhar um pouco mais da sua experiência no dia a dia com os pequenos la atrás. Depois dessa fiquei bem preocupado…

    Abraço e um beijo nas crianças.

    1. Michele Kaiser

      Oi, Camilo! Na verdade, nunca havia lido sobre isso. Não li todo o manual do carro, mas te pergunto: será que existe algum modelo de carro de 7 lugares que recomende o uso lá no fundão para crianças menores de 36kg? Outra coisa: 36kg e 3 anos não combinam. Os meus farão 3 anos daqui a 3 meses e têm 13kg. Minha filha tem quase cinco anos e tem cerca de 17kg. Respondendo tua pergunta: nunca tivemos qualquer problema com o carro. Mas, é claro, nunca batemos. Fiquei um pouco preocupada agora… Abraço!

      1. Camilo Camurça

        Olá Michele, obrigado por responder. Na verdade o manual só fala que até 36kg não recomenda (só pode na segunda fileira / bancos laterais) a questão dos 3 anos foi um complemento da informação segundo a área técnica da concessionária. Realmente essa questão de kg Vs idade varia de criança pra criança.
        Mas voltando ao ponto principal, também acho que todos os carros de 7 lugares, exceto alguns bem mais caros, possuem a mesma caracteristica: pouco espaço atrás (área de absorção de impacto pequena em caso de colisão traseira).
        A recomendação, segundo o que eu li, é que se utilize esse espaço (terceira fileira) somente em caso de necessidade e em percursos curtos (provavelmente para reduzir a exposição ao risco).
        Mas pensando bem, se observarmos alguns carros hatch, tipo uno, ka, palio, up, mobi, gol, etc, vemos que a área traseira também é bem curta, com um porta malas bastante reduzido. Creio que o risco seja semelhante, e pouco se fala no assunto.
        Resumindo, acho um tema importante, e que deveria ser bastante esclarecido pra quem necessita desse tipo de carro (com 7L), mas pelo visto pouco se sabe. O que consegui achar foi só isso, em relação a curta zona de absorção de impacto e que Deus nos livre num acidente a dificuldade para acessar os bancos da última fila é maior.
        Comprei o carro pensando em andar com as cadeirinhas montadas no fundão e ganhar 4 lugares, mas agora fiquei receoso. Vou ter que andar com as cadeirinhas montadas nas laterais da 2a fila, e sempre que alguém a mais for no carro, tem que colocar e tirar a cadeirinha, na saída e na chegada. Mas e você, que não tem opção, já que são quatro?
        Desculpa trazer preocupação pra sua cabeça, mas se tratando dos nossos filhos, acho que temos o direito de saber.
        Vamos em frente. Qualquer novidade a gente vai se falando. Deus abençoe a todos!
        Abraço!

      2. Michele Kaiser

        Obrigada pelas informações. Meu marido procurou no manual e não encontrou essa informação. Como é bem apertado lá atrás, deva ser melhor colocar crianças mesmo, mas claro que o fabricante precisa dizer que em caso de acidente ali é mesmo mais perigoso. Ainda assim, recomendo o carro, acho muito bom. Abraço!

      3. Camilo Camurça

        Olá Michele, acabei de receber o carro. É simplesmente fantástico! Super espaçoso e confortável. E fiquei com uma ótima impressão da terceira fila, diferente do que estava imaginando. Que isso sirva pelo menos para redobrarmos a atenção, dirigirmos com ainda mais cuidado e devagar, pois nosso maior tesouro é nossa vida e a vida dos nossos filhos. Um abraço e que abençoe e proteja sempre!

  2. Edilson

    Olá Michele,

    Gostaria de aproveitar sua experiência e tirar umas dúvidas com relação a Spin.
    1) O banco central da fileira do meio não é de 3 pontos, somente abdominal. Como você fixou o bebê conforto?
    2) Para acessar a terceira fileira, tem-se que rebater o banco dá fileira central, como você lidou com isso? Deu muito trabalho?

    Obrigado

    1. Michele Kaiser

      Oi, Edilson!

      1) O bebê conforto que eu utilizava tinha duas alças para prender nas laterais. Eu passa o cinto abdominal por ali. Como os 3 bebês conforto juntos ficavam bem firmes pela falta de espaço, o cinto dava conta. Não sei se é o mais recomendado, mas por falta de opção fazíamos assim.
      2) Dá um pouco de trabalho, mas fazer o quê? Temos um vídeo em nosso canal do YT que mostra como fazemos. https://www.youtube.com/watch?v=aqojKhg4Bfc
      Abraço!

  3. raphael

    pelo preço o ideal seria uma land cruiser prado da toyota, existem boas opções de usados e é um senhor carro, uma pena a terceira fileira de banco não poder ser dividida em 50/50, oq limita bastante……muito mal pensado.mas em comparação com doblo e livina, esse me parece melhor opção apesar da antecessora \ZAFIRA 7 LUGARES ser bem superior a essa tal de spin.

    1. Michele Kaiser

      É, se eu pudesse pagar mais caro, teria escolhido um carro que eu nem precisasse tirar as cadeiras toda a hora… hehehehe. A Spin foi a melhor opção pelo preço. Um abraço!

Deixe seu comentário