A primeira aula de natação dos trigêmeos

Os trigêmeos iniciaram a aula de natação! Mônica vem fazendo desde março deste ano e a gente queria colocá-los junto com ela há tempos. Isto finalmente aconteceu ontem, dia 22 de novembro de 2017, quando os meninos fizeram sua primeira aula.

aula de natação

prontos para começar!

Mônica iniciou na escola em fevereiro de 2015. Mas foi ainda em agosto de 2014 que eu coloquei ela no ballet. Como ela nunca havia ido para a escolinha, eu queria que ela fizesse uma atividade extra para ter amiguinhos. Ela fez ballet por dois anos e meio, mas já no fim do ano passado ela tinha me dito que não estava mais gostando muito. Eu credito isso não ao ballet, mas ao horário que eram as aulas de ballet em 2016 (das 18h às 18h50). Mônica ficava muito cansada e não aproveitava a aula.

Então em 2017 a gente sugeriu que ela trocasse de atividade, para continuar tendo alguma atividade extra-classe. Eu queria que fosse de manhã porque aqui em casa todo mundo madruga! Os meninos acordam às 7h e fazem tanto barulho que ela sempre acorda também. A rotina dela era dormir das 22h às 10h, mas neste ano ela seguiu o ritmo dos irmãos e tem dormido das 21h às 7h30 ou 8h.

Por isso, sugerimos a natação. Encontramos a escola Pranadar, aqui perto da nossa residência, e matriculamos a Mônica. Durante todo esse ano ela fez natação lá e evoluiu muito. Ela adorou a nova atividade e não teve dificuldade nenhuma em se adaptar à piscina e se enturmar com os colegas. Em nosso canal no YouTube, publiquei um vídeo quando ela começou a fazer natação e outro quatro meses depois e sua evolução.

A primeira aula de natação dos trigêmeos

Diferente da Mônica, os meninos nunca haviam feito nenhuma atividade extra. Eles frequentaram a escola este ano todinho, mas não estavam aprendendo nenhuma outra atividade. Eu havia perguntado lá na Pranadar como seria para eles também fazerem natação. Mas eles tinham me dito que, para iniciantes menores de 4 anos, os pais precisavam entrar junto na piscina. Como nossos filhos eram três, precisaríamos de um adulto para cada um e não tínhamos esta disponibilidade. Somente após os quatro anos é que as crianças poderiam iniciar sem os pais precisarem entrar junto.

Os meninos fizeram quatro anos em outubro e, então, resolvemos matriculá-los! A escola usa um método bem interessante e as crianças, mesmo iniciantes, não usam boia. Eles colocam algo dentro da piscina que faz com que eles dêem pé.

Então ontem, 22 de novembro, nesta primeira aula deles, a maninha Mônica ficou junto com eles dentro da água para eles se familiarizarem. Duas professoras ficaram responsáveis pelos quatro e eles foram, pela primeira vez, para a aula de natação!

Abrindo um parênteses, eu acho muito legal e adoro contar para vocês aqui na blog como os meninos, apesar de trigêmeos, têm personalidades muito diferentes. A gente cria igual, dá o mesmo amor para cada um, as mesmas oportunidades, até a mesma comida! E cada um responde de uma maneira diferente. O Marcelo sempre foi mais audacioso, aventureiro. A gente brinca dizendo que ele é “sem noção” e “vida louca”. O Murilo é muito meiguinho, mas também é mais como o Marcelo, aventureiro, de tentar fazer as coisas, não tem tanto medo. O Matheus já é mais birrento, teimosinho e mais medroso. Eu costumo dizer que ele tem mais “noção do perigo” porque entende melhor quando a gente explica porque não pode fazer alguma coisa. Fechei o parênteses.

aula de natação

Matheus colocando a touca de natação e os óculos

aula de natação

A duchinha antes de entrar na piscina

aula de natação

Prontos para começar!

Sendo assim, na aula de natação, o Marcelo estava muito feliz e corajoso! Ele aproveitou muito a aula. Entrou na água de boa, brincou bastante, riu, pulou, aprendeu a fazer bolhas. Esta primeira vez era só para os meninos se acostumarem com a água e com a ideia de fazer natação, mas as professoras falaram que com o Marcelo elas até já poderiam ter evoluído um pouco mais, não fosse o medo que os outros dois tiveram!

O Murilo ficou desconfiado o tempo todo, mas não chorou. Já o Matheus, chorou praticamente a aula toda. Fiquei pensando que eu errei em não ter explicado como era brincar dentro da água, afinal, fazia muito tempo que eles não entravam em uma piscina e foi a primeira vez sem ser no colo e sem boia. Eles ficavam de pé na água e perdiam o equilíbrio porque tinha outras crianças fazendo aula na mesma piscina e a água balançava. Matheus e Murilo ficaram com medo de “cair no fundo da piscina”, segundo os próprios me contaram. As profes explicaram que aquele movimento era normal, mas o Matheus realmente estava com medo. Marcelo nem deu bola para o balanço da água e tentava se apoiar, pois estava muito mais preocupado em brincar e se divertir.

As professoras falaram que ainda vai algumas aulas até os meninos se acostumarem. Mas tanto no vestiário como no carro, Matheus e Murilo disseram que não querem mais fazer natação. Eu disse que eles precisam aprender a nadar como a mana para não se afogarem. Disse que os coleguinhas também fazem (encontramos uma coleguinha do Matheus lá) e que ele ia gostar também.

Somente à noite, conversando de novo sobre a natação, foi que eles disseram que vão continuar indo. As aulas serão somente uma vez por semana, nas quartas-feiras. A Mônica vai continuar fazendo com sua turminha às 9h15 e aí, às 10h, quando começar a aula deles, ela continua na piscina por mais uns minutos para ajudar os maninhos a se familiarizarem.

Mesmo eles sendo trigêmeos, os comportamentos são bem diferentes. Eles estudam em turmas separadas na escola e eu sempre tive um pouco de pena do Marcelo porque parecia que ele sentia muito a separação. Agora na natação, ele foi o que se saiu melhor e fiquei com pena do Matheus, que parece estar sofrendo. Até na aula de natação eu tinha vontade de separar os três. Se Marcelo estivesse sozinho, ele já poderia evoluir um pouco mais rápido.

Bom, mas assim foi somente o primeiro dia. É importante as crianças aprenderem a nadar para diminuirem os riscos de afogamento. E a escola que eles estão é muito preocupada com isto. Na próxima semana, todos os alunos terão aula especial sobre autosalvamento. Eles vão continuar frequentando as aulas nas próximas semanas e eu estou confiante que será muito bom para eles.

Assista abaixo o vídeo com a primeira aula deles! Até mais!

Deixe seu comentário